.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-09-15

 

Ler os outros

O Portugal antigo
«...Ela está contra os investimentos públicos na economia, mesmo em tempo de crise, não porque seja monetarista e acredite no mercado eficiente, bem como na possibilidade de superar a crise por via das políticas monetárias. Ela é contra porque é poupadinha, porque não se deve gastar mais do aquilo que se tem, porque supõe que a economia de um país se governa com as regras da economia doméstica, enfim, porque a sua mentalidade é sob muitos aspectos anterior ao surgimento da própria economia política.
E assim Portugal não vai lá!»
[o texto é bem maior mas vale a pena]

"Represento a política de verdade e de sinceridade, contraposta a uma política de mentira e de segredo.
Advoguei sempre que se fizesse a política de verdade, dizendo-se claramente ao povo a situação do país, para o habituar à ideia dos sacrifícios que haviam um dia de ser feitos, e tanto mais pesados quanto mais tardios.
Advoguei sempre a política do simples bom senso contra a dos grandiosos planos, tão grandiosos e tão vastos que toda a energia se gastava em admirá-los, faltando-nos as forças para a sua execução.»
O texto é de Salazar, o discurso que hoje o repete toda a gente sabe de quem é!
DISCURSO AOS OFICIAIS DA GUARNIÇÃO MILITAR DE LISBOA, EM 1928.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?