.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-11-05

 

O Todo e as Partes (5)



No melhor pano, cai a nódoa.

Segundo revela o Correio da Manhã, a PJ registou, ao que parece sem qualquer ambiguidade, a voz de Armando Vara, explícita, a pedir 10.000 € ao empresário Manuel Godinho.

Venho retratar-me relativamente aos meus gracejos tolos do poste intitulado "O Todo e as Partes (3)".

Pode ler-se, aliás, na caixa de comentários respectiva, umas quantas chamadas de atenção repreendendo-me pela minha ligeireza analítica.

A todos agradeço.

Aqui fica a correcção.

Afinal não se tratava de uma anedota. Vara pediu mesmo 10.000 € ao empresário.

Atente-se todavia que as apostas começaram a estalar nos bastidores: o assunto é para ser esquecido. Está em jogo muito mais do que um punhado de euros (era essa a minha tentativa de ironizar...). De tal modo que, Medina Carreira, com o seu tremendismo proverbial, trouxe a banca das apostas, ontem, para defronte das câmaras de televisão.

- "Querem apostar que daqui a pouco tempo já está tudo esquecido?!" - soltou ele, convencido e chocarreiro.

Sei que é uma maneira de desabafar que não apaga a esperança de um dia, porventura, as coisas poderem mudar e sermos obrigados a confessar que nos enganámos...

É um modo singular de confiar na justiça.

Comments:
Já nem falo dos mais antigos processos que se arrastam pelos obscuros corredores dos nossos tribunais...
Quem fala de Dias Loureiro?
Quando surgir outro escândalo quem vai falar de Vara, Penedos e companhia?
Infelizmente Medina Carreira tem razão!
Como é que se pode pôr cobro a ISTO?

Abraço
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Cara Rosa dos Ventos,

apaguei um dos seus comentários só por estar em duplicado. Obrigado pela sua reflexão.
O que me parece igualmente grave (e interessante...) é o silêncio de uns e a convicão de outros que que acham que nenhum dos visados fez verdadeiramente nada de mal.
Havemos de voltar ao assunto em breve.
Abraço
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?