.comment-link {margin-left:.6em;}

2005-08-17

 

"Ele é que devia ter um processo disciplinar!"

Se há alguma coisa a elogiar a Marques Mendes uma delas é a decisão de impedir Valentim Loureiro e Isaltino Morais de se candidatassem às autarquias em nome do PSD.
Claro que nenhum deles percebe porquê! E no Público de hoje Valentim Loureiro, em resposta à "instauração urgente" de processo disciplinar contra o candidato independente pedida pela Direcção social-democrata, faz ameaças a Marques Mendes:: "pequeno ditador, quando encontra uma oportunidade para se vingar de alguém de quem não gosta, ou com quem tem contas a ajustar, actua como ele actuou". "Como razões directas dessa alegada vingança diz o Público - Valentim apontou "problemas pessoais" que existirão com o presidente do partido, aliados ao facto de não ter apoiado Marques Mendes no Congresso de Pombal, que o consagrou como líder"
"Vou ficar de lado - diz o autarca do "Apito dourado" - até ao próximo congresso nacional. De certeza que os militantes se vão expressar e vão condenar a atitude de Marques Mendes porque ele está a dividir o partido, ele é que devia ter um processo disciplinar não eu!"
Pelo que se sabe da candidatura de Fátima Felgueiras e do apoio popular que parece gozar não me surpreenderia.
Pela cabeça de Valentim não passa nem podia passar é que um partido que se preocupe minimamente com a decência e a higiene política, nem que seja apenas para salvar as aparências, não se pode comprometer com pessoas como ele ou Isaltino, pelo menos no estado em que estão, indiciados de vários crimes.

Comments: Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?