.comment-link {margin-left:.6em;}

2005-08-30

 

Manuel Alegre já

tem uma estátua... podia ficar por aqui.
Comments:
Tem uma em Oeiras,vai ter outra em Coimbra, e terá no Campo dos Mártires da Pátria.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Se ficar nas covas até pode ter vinte ou mais que a figura que vai fazer não o ilustra nada.
 
A Estátua

Virá de quem me aclama injúria e lama
uma voz nos dá fama e nos difama
eu só sangue terei por galardão.
Escusais portanto de me pôr em pedra
na porta dos Estaos. Aqui só medra
inveja fingimento ingratidão

Por isso estátuas não que me enfastiam.
Se a minha imagem ali fosse esculpida
vossos filhos um dia a quebrariam.
Sou estátua de mim mesmo mas em vida
e quem quiser quebrar-me há-de matar-me.
Meu corpo inteiro às mãos da vilanagem
pode cair: mas nunca a minha imagem.
Nem minha morte é de morrer esculpida.
Por isso estátuas não: que sou de carne
e nunca em pedra hão-de poder quebrar-me.

Eu deixarei por estátua a minha vida.

Manuel Alegre, "Atlântico", 1981
 
Olá Carlos aqui vai um abraço e um agradecimento pela poesia do Alegre que não conhecia e é muito interessante
 
Hello. I just wanted to give a quick greeting and tell you I enjoyed reading your material.
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?