.comment-link {margin-left:.6em;}

2006-02-24

 

Banca prepara-se para de forma fácil aumentar os lucros

Mais uma vez a Banca vem falar da criação da "taxa Multibanco".

Há cinco anos os Bancos estavam divididos.

Hoje existem apenas algumas diferenças "mitigadas", mas tudo se encaminha para que a banca consensualize.

Todos sabemos que o multibanco tem custos. Mas todos sabemos que a economia resultante do uso do multibanco é enorme para a banca até porque o português é um grande utilizador.

Há o instituto do consumidor. Há a DECO. Era saudável reagir.
Comments:
É o capital financeiro no seu maior.
 
E caso aconteça, o que é muito provável, serão os reguladores em sintonia com o capital. Neste país é esta a regulação. Veja-se ERSE, Anacom etc,. E o "velhinho" do consumidor é sempre o "bicho" que leva.
Ana Esteves
 
Há uns tempos esta questão foi levantada e lembro-me de ver Luis Delgado apoiá-la e defendê-la.
 
Copio para aqui post que fiz n'O Farol sobre o assunto:

Taxas no Multibanco ?! Nunca !

Os bancos preparam-se para voltar à carga e introduzirem comissões na utilização do serviço multibanco. Tal ideia é inadmissível sob todos os aspectos.

Primeiro que tudo porque a existência de multibancos permitiu à banca diminuir o seu número de funcionários nas agências. Se é claro que existe um custo da manutenção de caixas multibanco, este é inferior ao que resultaria da sua inexistência.

Depois porque os portugueses estão cada vez mais em crise e a banca continua a aumentar os seus lucros.

Aliás, mesmo noutros serviços, como por exemplo a Via Verde, justo era que houvesse um desconto aos seus utilizadores já que os custos para a entidade exploradora são muito inferiores ao custo equivalente da mão de obra.

Os beneficíos económicos da introdução de novas tecnologias têm de ser sempre divididos entre os fornecedores dos serviços e os consumidores. Só assim existe justiça.
 
Todos sabemos, também, que o multibanco permite maior circulação de dinheiro, maior necessidade de se ter conta bancária logo, sem ele, a banca prestaria menos serviços. O que se percebe é que querem duplicar a taxa já que, quem disponibiliza pagamento por multibanco, já paga uma taxa.... é só mais uma.
 
É justo que haja uma taxa multibanco, mas só se também houver uma taxa - naturalmente maior - de cada vez que nós vamos ao banco para um qualquer serviço (digamos, para levantar dinheiro).

De facto, se o serviço multibanco tem custos, o atendimento pessoal no banco também os tem, e bem maiores. Não se pode cobrar taxa num lado se não se a cobra noutro lado onde os custos até são superiores.

Luís Lavoura
 
Iniciou-se recentemente uma petição na net para impedir a prepotencia dos bancos ao quererem aplicar uma taxa ao MB. O endereço é:

http://www.petitiononline.com/bancatms/petition.html

Assina já. Obrigado
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?