.comment-link {margin-left:.6em;}

2006-02-14

 

"Colaboradores" da PT preocupados com o seu futuro

Os colaboradores da PT (politicamente correcto na empresa é designar os trabalhadores, do porteiro ao Sr. Administrador, por colaboradores, para que não se note tanto a diferença entre as remunerações dos 500 e as dos 50 mil euros mensais...) dizia eu que os colaboradores da PT são os maiores credores da empresa por isso a comissão de trabalhadores anda preocupada com a OPA e o futuro da empresa e percebe-se porquê. É que "as responsabilidades da PT com o fundo de Pensões e a PT-ACS (Associação de Cuidados de Saúde) não fundeadas são da ordem dos 2500 milhões de euros. Para além desta dívida, têm de ser fundeadas verbas que permitam garantir o pagamento das aposentações e dos complementos de reforma dos trabalhadores que ainda se encontram no activo e que são oriundos dos CTT, dos TLP, da TDP e da Marconi, o que representa muitos mais milhões de euros em falta)". [link]
É muito dinheiro e depois da OPA (se se concretizar, como me parece provável) e o previsível desmembramento do grupo os passivos não serão as partes mais disputadas.
O Secretário de Estado garante, mas... de garantias está o inferno cheio, pensarão os "colaboradores".

Comments:
Como pode passar esta opa na autoridade da concorrencia se os operadores de móvel são reduzidos?


Como pode o governo não exercer o seu direito de veto à desblindagem dos estatutos? Como pode ser conivente com o capricho do filho do maior capitalista português para destruir a maior empresa portuguesa.?

PT tem investimento estrangeiro. Está cotada em NY e não é de nenhum capitalista em particular.

Os espanhois vão dar uma mãozinha "desinteressada" para acabar com isto. O sr Belmiro já mostrou que não sabe gerir telecomunicações vide optimus.... só quer destruir. Há muito abutre à espera dos destroços.

Temos governo em Portugal?
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?