.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-09-03

 

Causa Pia

O título não é meu. É do João Paulo Guerra, da sua coluna vertebral, que assina no Diário Económico de Hoje.

Como não consegui o link, copiei então o artigo para aqui, porque nele se diz o que eu penso com uma escrita muito melhor que a minha.

Processo

Causa Pia

João Paulo Guerra
03/09/10 00:05




O chamado processo Casa Pia chega hoje não ao fim mas, quando muito, ao início de uma nova fase que ameaça ser tão delongada como a que ficou para trás.

O processo em julgamento leva oito anos mas em Portugal não se faz justiça: vai-se fazendo uma coisa vagamente parecida. Entretanto, as vítimas não deixaram de ser vítimas, embora aviltantemente ressarcidas em metal sonante, enquanto os arguidos passaram à categoria de condenados no inquisitório tribunal da opinião pública. A justiça em Portugal admite e permite tudo isto.

Ao fim de oito anos de desenvolvimento do processo persistem alguns mistérios na investigação do hediondo crime da pedofilia em Portugal. O primeiro, que nasce com o próprio processo, é o mistério dos nomes, referidos quer por alegadas vítimas quer por supostas testemunhas, que jamais foram investigados. O facto fez e faz pairar dúvidas de encobrimento desde o início sobre o processo. A investigação definiu um ‘casting' de discretos arguidos, apenas com um mediático cabeça de cartaz, e ficou por aí. E assim, ao contrário de todos os demais países onde se revelaram e investigaram casos de pedofilia, em Portugal não há no leque dos acusados representantes de sectores da sociedade como sejam a política, a magistratura, a religião. Ao mesmo tempo, uma simples suspeita, não confirmada em acusação, permitiu a decapitação do que à época era o principal partido da oposição.

Na politização do processo cruzam-se todos os mistérios e movimentam-se todas as figuras que de um dia para o outro descobriram esta causa pia e se graduaram em grandes arautos da defesa das vítimas, passando a colaborar decisivamente com a investigação policial.

Esta sexta-feira começa nova fase do caso. Mas há dúvidas que jamais transitarão em julgado.

joaopaulo.guerra@economico.pt

Etiquetas:


Comments:
Bom, bem escrito está mas que é uma grande seca o tema da cabala contra o PS!
Pergunto ao sr. João Paulo Guerra se é ou não verdade que miúdos que foram entregues a uma instituição para serem educados, e afinal foram VIOLADOS.
É ou não verdade que em casa do sr Rito foram encontrados miúdos que tinham fugido da Casa Pia, se o dr Ferreira Diniz não ia à Casa Pia buscar miúdos etc,etc,
Certo é que aqueles senhores foram CONDENADOS,.
 
como é possível alguém ainda hoje defender a pedófilia, so por ter amigos condenados, rezem para que estes senhores não olhem pra os vossos filhos.
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?