.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-09-02

 

Estado burlado em muito dinheiro


Farmácias e médicos em parceria burlam Estado em mais de 10 milhões de euros..

O processo já está a decorrer há dois anos, mas certamente muitos mais vamos esperar para que haja julgamento.

Não se percebe. Um crime desta natureza devia dar prisão imediata e se fossem considerados criminosos o Estado deveria ser ressarcido com os seus bens patrimoniais no mínimo pelo montante do prejuízo que causaram.

Nada disto acontece.

Para estes casos a lei deveria ser expedita e muito penalizante.

O que vai acontecer?

Inclino-me para admitir que o Ministério da Saúde tenda a penalizar os utentes de uma maneira geral. Como? Retirando a comparticipação a estes medicamentos que estiveram no centro da burla. Ficou no ar esta hipótese nas palavras do Secretário de Estado.

Se isto acontecer é de uma gravidade extrema. É inverter tudo, é subverter os princípios do SNS.


Comments:
Deve estar equivocado com essa hipótese do M.S. Como pode a Ministra andar a subscrever abaixo assinado de defesa do SNS e alinhar numa coisa dessas tão macabra?
A.C
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?