.comment-link {margin-left:.6em;}

2005-07-22

 

À Procura da Bússola

Andamos sem rumo em termos de estratégia de desenvolvimento há muitos anos. O problema não é deste governo, mas de todos. No entanto, ao governo que está no poder temos de lhe exigir que encontre o rumo, o mais rápido possível.

O que nos falta para esse rumo? Tudo. Ideias concretizáveis + Capacidade de as colocar no terreno. Penso que toda a gente sabe isto, só que é duro dizê-lo. Mesmo que a economia europeia saia do torpor em que se encontra (e parece que não será para breve), a economia portuguesa vai ser pouco arrastada pela onda. Porquê? Porque o problema é nacional. É interno. Os investimentos do passado não foram na boa direcção. Se a nossa questão é exportar, pergunto-me, o que é que este país vai exportar se não tem preços concorrenciais nem canais de comercialização para os mercados europeus? Toda a gente sabia que iamos chegar a esta encruzilhada. Mas manteve-se caladinha e houve algures no tempo uma Auto Europa (contestada mal por alguns sectores) que ajudou a disfarçar esta situação. Falhou a não atracção de investimentos que fizessem emergir actividades de futuro, falharam as privatizações que nada acrescentaram porque foram para mãos sem visão ou á procura de as realizar o mais breve possível, como tenho dúvidas sobre a orientação recente dada às eólicas. Já aqui o disse. Para as eólicas deveria ter sido criadas condições para atrair capital americano que certamente nos traria contrapartidas mais consentâneas em termos de actividades emergentes. As apresentadas e exigidas são muito pouco ambiciosas e afuniladas. Somos um país com uma tendência para "produzir mais do mesmo" com ligeiras melhorias, quando do que se precisa é de rupturas.

Se esta rota não tiver correcção rápida, o que se espera para este país é um ciclo de empobrecimento relativo.

Comments:
Para detectar a bússola é preciso um excelente Ministro das Finanças e outro da Economia, áreas em que o País não é fertil. Deve ser do solo. Com Campos e Cunha não se chegava lá, apesar do grande lobby que o fez chegar ao governo, com tanta pompa não merecida (Nova e Constâncio). Posso ser suspeita pois sou de outra escola concorrente onde tb há lobbys.Mas é fundamental um bom MF até para uma estratégia diferente, que inclua o Turismo, mas tenho dúvidas sobre o que se está a fazer no Turismo com a prosápia de Ernani Lopes, cujo estudo deve dar para umas 100 intervenções futuras a dizer o mesmo. Não se sabe é a factura...mas pelo que consta o homem paga-se que se desunha. Ana Esteves
 
Se não estou enganado quem encomendou o estudo sobre o turismo ao HL foi o Governo do Durão Barroso (certamente não tem relação com o apoio que o HL deu ao Durao nas eleições). Para mim o estudo já atingiu todos os objectivos e daí não esperem mais nada.Ouve-se nos "mentideros" que HL caiu em desgraça nas cupulas do Espirito Santo por não ter acertado uma; será verdade?
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?