.comment-link {margin-left:.6em;}

2005-08-20

 

Diz-se por aí

no Jumento:
"Correspondendo às críticas da oposição José Sócrates [indispensável ver a foto no link] decidiu-se pela criação do corpo de Bombeiros Voluntários, ao qual todos os membros do seu gabinete estão obrigados a pertencer, e que será instalado num anexo do Palácio de São Bento;..."
no Abrupto
"...A Culpa não é dos terroristas da Al-Qaida, que eles sim mataram o infeliz trabalhador brasileiro, eles sim lhe roubaram a “dignidade” e “respeito”, mas a da polícia londrina para quem todas as indignações se dirigem."
no Causa Nossa
Subscreve Jorge Miranda [hoje no público] «Faz sentido, em caso de interrupção do mandato de qualquer gestor [público] por acto do Governo, que ele tenha direito a uma "indemnização"... » "Subscrevo. - diz VM - Há muito que contesto essa situação."
no Água lisa 3
"Eu acredito em Lula. Não me passa pela ideia que Lula não fale verdade. Só não percebo é para que raio, nada sabendo nem conseguindo saber, Lula é Presidente do Brasil. "
na Praia
" Oico dizer que ha dias, no blog de Jose Manuel Fernandes, Vasco Pulido Valente "explicou" a imprescindibilidade das bombas atomicas de 1945 sobre Hiroxima e Nagasaqui. As vezes quando se esta no estrangeiro torna-se quase dificil de acreditar no nivel de insanidade em que se processam os debates portugueses".
no Blasfémias
"Segundo noticiam hoje vários jornais, entidade ligada ao Governo teria decidido proibir a compra de novos automóveis, por parte do Estado ...Talvez valha a pena recordar sugestão aqui apresentada anteriormente."

Comments:
________________________________

É contrastante a visão que JPP abrupta acerca do assassínio do jovem Menezes no metro de Londres com os serviços noticiosos da Sky News ontém e hoje. Pelo menos os ingleses estão a levar o inquérito a sério. Quando a verve sectária tolda o olhar do historiador, o que para aí vai, senhor!

O apontamento do Ivan (na Praia) sobre o (Vasco Pulido valente) VPV e as bombas atómicas também é edificante. Li o texto referido e recordo que VPV, em debate oblíquo com (Miguel Portas) MP, deu por findo o papo por não reconhecer a MP honestidade (e mais não sei o quê, - não me lembro - talvez inteligência) para continuar a polemizar com ele. Neste caso não se trata apenas de arrogância. O VPV tem mau perder e, sobre a matéria em apreço, péssimo parecer.
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?