.comment-link {margin-left:.6em;}

2005-01-28

 

Quando a direita vota na esquerda


Freitas do Amaral apoia o Partido Socialista

Freitas do Amaral escreveu no último número da Visão, explicitando as razões que o levam a apoiar o Partido Socialista na campanha eleitoral para a AR. José Sócrates agradeceu em tom eufórico, sublinhando que um tal apoio «honra, dignifica e estimula». Sei que a pré-campanha não é o momento mais apropriado para discutir o significado e o alcance do apoio de Freitas do Amaral ao PS. Aliás, é assim em quase todas as paragens políticas: aflorar os pontos fracos de uns é favorecer a campanha dos seus adversários...
Atrevo-me, no entanto, a um curto comentário. Há apoios que não honram, não dignificam, nem estimulam. Podem parecer muito vantajosos de imediato, mas pensando melhor, tiram votos, perturbam identidades e inibem entusiasmos. Acho bem que Freitas do Amaral vote no PS. Não compreendo o deslocado entusiasmo de Sócrates. Mau augúrio?

Comments:
Vale o que vale. Uma opinião tão legítima como o seu contrário. No entanto, já teve a resposta de Bagão Félix que só não é coerente porque não o demite. C. Pinto
 
__________________________________

Caro C. Pinto,
não percebi o que escreveu.
Qual é a opinião que vale tanto como o seu contrário?
Cordialmente
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?