.comment-link {margin-left:.6em;}

2005-03-27

 

Surpreendidos pelo fotógrafo

Posted by Hello
João Abel de Freitas (à direita) e Pedro Ferreira, em Paris, aonde o primeiro se deslocou para consultas, no âmbito do Puxa Palavra, sobre o estatuto a dar a Mário Lino na sequência da sua ida para o Governo, sem pré-aviso. Suspensão de funções, licença ilimitada, pagamento de uma multa?...
Comments:
Como cidadã anónima espero muito deste governo,- é a minha última esperança de ver o meu país dar o salto - sobretudo, da acção do ministro Mário Lino, o qual deixou a sua marca (positiva) não só no Puxapalavra mas enquanto presidente das Aguas de Portugal. Como leitora do vosso blog espero, embora gostasse de o ler, que o engenheiro se mantenha por muito tempo no elenco de Sócrates. Portugal precisa de gente séria e capaz.
Já agora (espero que não me levem a mal pela correcção) "licença" escreve-se com "Ç" e não com "S"(mesmo se o visado ocupar a cadeira de ministro.
 
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
 
Registe-se a maldade, simpática,do camarada raimundo aos seus dois companheiros de blog. Só que não está isento de pagar "direitos de autor".
 
Este comentário, agora sem gralhas, reproduz o que apaguei.
Amiga "Anónima" muito obrigado pela correcção. Já fui ao post emendar porque se há coisa de que não goste é de erros ortográficos.
Aqui no Puxa Palavra todos desejamos que o Mário Lino faça um bom lugar e se mantenha por muitos e bons anos no Governo. Mas se me permite o conselho, nunca diga "é a minha última esperança". Esta é "sempre a última a morrer". As dificuldades que o país enfrenta são muito grandes e o Governo o mais que pode fazer é criar condições para a sua superação. As expectativas de muito boa gente são irrealistas pois a solução de boa parte dos problemas está fora do alcance do Governo (ou fora do seu alcance a curto prazo). O que está ao alcance do Governo ficará sem dúvida longe do que desejaríamos.
Um abraço e esperança.
 
Este comentário, agora sem gralhas, reproduz o que apaguei.
Amiga "Anónima" muito obrigado pela correcção. Já fui ao post emendar porque se há coisa de que não goste é de erros ortográficos.
Aqui no Puxa Palavra todos desejamos que o Mário Lino faça um bom lugar e se mantenha por muitos e bons anos no Governo. Mas se me permite o conselho, nunca diga "é a minha última esperança". Esta é "sempre a última a morrer". As dificuldades que o país enfrenta são muito grandes e o Governo o mais que pode fazer é criar condições para a sua superação. As expectativas de muito boa gente são irrealistas pois a solução de boa parte dos problemas está fora do alcance do Governo (ou fora do seu alcance a curto prazo). O que está ao alcance do Governo ficará sem dúvida longe do que desejaríamos.
Um abraço e esperança.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?