.comment-link {margin-left:.6em;}

2006-01-27

 

Hamas ganha maioria absoluta

Hamas - 76 ; Fatah - 43 num parlamento com 132 lugares.
A situação complica-se para a causa Palestina e facilita-se para os extremistas de Israel. Como a Autoridade Palestina vive de dinheiros ocidentais talvez o Hamas encolha as garras.
Antes ainda de ter a certeza de tão retumbante vitória o Hamas já tinha adiantado a hipótese de uma trégua com Israel. O primeiro ministro israelita Ehud Olmert diz que não aceita o Hamas no governo palestino e W. Bush já avisou que com tanta democracia os palestinos não terão mais apoio (??) do tio Sam. Pelo seu lado o primeiro ministro palestino em funções, Ahmed Qurei, tinha dito que democracia é democracia e que há que respeitar os resultados.

O Hamas - organização islâmica fundamentalista considerada organização terrorista pelos EUA e a UE que tem no ideário a destruição de Israel e como método de luta o terrorismo, nomeadamente os «homens (e até crianças) bomba» tinha como principal símbolo espiritual o fanático Sheikh Ahmed Yassin, em cadeira de rodas, morto em Março de 2002, com um míssil, por Israel .

O Hamas começou por ser uma organização religiosa muçulmana, dedicada à caridade e a obras sociais entre os palestinianos nas zonas ocupadas por Israel, na Faixa de Gaza e na Cisjordânia, a seguir à guerra dos Seis Dias, em 1967.
O Hamas foi apoiado por Israel e pelos Estados Unidos para minar a força e o poder da Fatah organização laica chefiada então por Arafat. A CIA é especialista nesta coisas. Também ajudaram a criar a Al Qaeda para combater o poder dos soviéticos no Afeganistão!
Fanatismo religioso, acção social, "mártires", Fatah corrupta, "morte a Israel" constitui um conjunto de ingredientes que já tinha ganho os corações e agora ganhou os votos dos palestinianos submetidos ao terrorismo de Estado de Israel.

Comments:
As coisas só podem melhorar.
Sei que é pouco tempo, para um conflito que dura há séculos, mas depois da morte do Arafat houve uma certa melhoria.
Vamos lá ver com o Hamas como é que tudo se passa.
Abraço.
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?