.comment-link {margin-left:.6em;}

2006-08-29

 

Iraque soma e segue

Já foi ontem. Morreram 74 numa explosão de um oleoduto, perto de Diwaniya. E dentro da própria cidade morreram mais 25 soldados, 10 civis e 5 guerrilheiros em 14 horas de combates (Público, sem link). Que interessa? É todos os dias. Já nem é notícia.
Culpa dos iraquianos. Deviam estar em plena luxúria democrática, a eleger por todo o lado, a beber champanhe à liberdade, a servir de exemplo para que toda aquela região caísse, como um castelo de cartas, na democracia.

Mesopotâmia, Tigre e Eufrates, Babilónia. 4000 mil anos de história. O museu de Bagdad!... Já começam a aparecer umas peças em Nova York. É melhor. Há negócio. Compra-se, vende-se. País velho aquele Iraque. Mesmo a pedi-las.

Bagdad... lembram-se? As estátuas de Sadam Hussein a cair mesmo a parecer que era o 25 de Abril deles. Afinal para isto. Não merecem.


Comments:
Afinal é isso mesmo.
O Iraque já não é notícia importante.
Morre tanta gente todos os dias…
 
É incrivel. Ainda me lembro de ter ido à manifestação contra a guerra. Tantas e tantas que ocorreram por esse mundo.
Onde estão agora esses Pachecos Pereiras que foram tão a favor com a tese de que seria uma libertação daquele povo. E aqueles argumentos que tinham de chamar a quem era contra "apoiantes de Sadam".

Não percebo. Por vezes acho que o bom senso morreu.
 
Já alguem pensou que aquela região não queira a "democracia" tal como foi imposta?
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?