.comment-link {margin-left:.6em;}

2006-12-18

 

Marques Mendes, Menezes e Sarmento

Compreendo o drama de Marques Mendes. Espicaçado por Luís Filipe Meneses, ameaçado por Morais Sarmento decidiu-se por un tour de force e atacou Sócrates forte e feio. Mas como? De forma desastrada. Em vez de atacar os pontos fracos do Governo ataca o que se apresenta como melhor. Que o primeiro-ministro não quer desenvolver nem mudar nada no país apenas se dedica a um projecto de poder pessoal. Ou que em vez de desburocratizar vai criar mais umas empresas públicas (as anunciadas empresas para gerir compras de bens e serviços do Estado de forma centralizada, gestão de edifícios, gestão da frota automóvel, gestão de pessoal excedentário que se espera possa poupar muito dinheiro ao Estado).
Espera-se do líder do principal partido da oposição algo mais consistente e credível. Oposição desta só dá armas a Menezes e a Sarmento e assim mais vale estar calado.

Comments:
SEPARATISMO NA EUROPA
««mini---spam»»»

---> Assumam um esforço de DIGNIDADE!!!

---> Declarem guerra à Parasitagem Branca!!!
{ ou seja, reivindiquem o Legítimo Direito ao separatismo }

---> Vejam se percebem isto:
-> Actualmente, aqueles que andam a condenar a Parasitagem Branca... são Nativos Europeus;
-> No futuro, quando forem uma minoria na Europa, os Nativos Europeus estarão numa situação de grande fragilidade... visto que... existirão outros... que irão condenar a Parasitagem Branca... -> Salta à vista de toda a gente: no futuro, os Nativos Europeus irão perceber que herdaram a herança mais envenenada da História da humanidade...


NOTA 1:
--->>> Por definição, Parasitagem Branca são todos aqueles que pretendem andar na Curtição-Parasita… isto é:
- são aqueles que pretendem andar no planeta a curtir mão-de-obra servil ao ‘preço da chuva’;
- são aqueles pretendem andar no planeta a curtir a existência de alguém que pague as Pensões de Reforma… apesar de… nem sequer constituírem uma sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!
De facto:
---> Uma coisa é uma pessoa ser bem sucedida na sociedade.
---> Outra coisa - completamente diferente - é o facto da Parasitagem Branca [quem não os conhecer que os compre] adorar elevar artificialmente o seu estatuto na sociedade:
- no passado, através da importação de escravos;
- no presente, através da importação de mão-de-obra servil imigrante.


NOTA 2:
--->>> A Parasitagem Branca continua a preservar a sua bandalheira-ética:
-> No passado, argumentavam que os escravos eram fundamentais para o desenvolvimento económico do país. {nota: era necessário rentabilizar o investimento feito em caravelas... e... era necessário salvaguardar a industria de construção de caravelas }
-> No presente, argumentam que a mão-de-obra servil imigrante é fundamental para o desenvolvimento económico do país...
 
Se o Sr. Narciso está convencido que esta «nova» tendência para a proliferação de empresas públicas não é um ponto fraco das políticas do governo, desengane-se. A tendência, leva à criação de um Estado paralelo; a vox populi é aterradora. Neste aspecto o Governo já tem a cama feita. Marques Mendes é um líder fraco, sem dúvida, mas não por isto.

José Leal
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?