.comment-link {margin-left:.6em;}

2007-08-16

 

A morte saiu à rua na comunidade Yazidi

O terror abateu-se sobre a comunidade pacífica do norte do Iraque da minoria yazidi, que professa uma religião pré-islâmica e acusados pelos islamitas de "adoradores do diabo". O maior atentado de sempre da guerra do Iraque já conta mais de 500 mortos e 350 feridos. Suspeita-se da Al Khaeda. Quatro camiões com combustivel foram deflagrados por suicidas.
O terror da guerra desencadeou o terrorismo sectário mais irracional e apocalíptico.
Em nome de um deus contra os seguidores de outro deus. Sem deuses ( o que os cristãos também não fizeram ao longo de mais de um milénio!) sem este fanatismo religioso enlouquecido, as coisas seriam melhores. Ainda que outros pretextos haveria para incendiar as mentes quando a pobreza se torna insuportável e transforma pacíficas comunidades em campo fértil de recrutas da morte. Já se tinha visto isso nos Balcãns quase já no século XXI.

Comments: Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?