.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-02-01

 

Marinho Pinto um anti-bastonário

Um exemplo da Justiça portuguesa "forte para os fracos e fraca para os fortes" definida pelo recém eleito bastonário da OA [e referida pelo Manuel Correia em post abaixo]: enquanto os que roubam milhões ao património público com a cumplicidade de políticos e magistrados andam por aí gozando impunes o produto do roubo "as cadeias estão cheias mas só de gente pobre".
"Em Coimbra estão presos - diz o bastonário, na entrevista à RTP - dois jovens de 22 e 24 anos condenados a 18 anos de prisão por pequenos furtos o mais grave dos quais é punido por lei com 3 anos de prisão."

Comments:
Marinho Pinto fez bem em alertar para "este mundo" muito movediço. Mas as leis estão artilhadas. Ele não vai longe. Os legisladoras sabem o que fazem e como não se identificam com os de baixo. ...
 
As palavras de António Marinho Pinto, que só confirmou aquilo que o povo vem sentindo, deixou alguma classe política e a magistratura em polvorosa.

Quais virgens ofendidas, começaram a rabiar com medo de que a careca lhes seja descoberta.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?