.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-03-26

 

Anda por aí um certo nervosismo!

Não vou bater no ceguinho. ... porque já muita gente bate e bate forte. Daí a bater bem vai alguma distância. ...

Tudo isto a propósito de Valter Lemos, Secretário de Estado da Educação e a resposta ao procurador-geral da República. Valter Lemos tem o direito de discordar do Procurador, de ter uma leitura diferente dos factos que ocorrem nas escolas. Achar que são actos de indisciplina, que os problemas nascem fora da escolla e são carreados para dentro. Como outros, entre os quais o Procurador, parecem ter opinião diferente. Daí a classificar de "lamentável" a intervenção do Procurador é manifestamente um exagero, pouco próprio e revelador de algum nervosismo numa equipa, a da educação, que até entrou bem nas funções, mas que há muito tempo vem a perder terreno e certamente terá perdido todas as hipóteses de o vir a recuperar.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?