.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-04-26

 

25 de Abril

Se estou em Lisboa, se faz Sol, ainda vou. Afinal, o homem é um animal de hábitos... Mas o passeio pela Avenida da Liberdade, no dia 25 de Abril, há muitos anos que deixou de me suscitar a mais ligeira comoção. Só uma vez ou duas desfilei pela faixa central. De resto sempre desci a avenida pelo passeio largo, para conversar com pessoas que só reencontro ali, ano após ano, sob a protecção do belíssimo rendilhado de sol e sombra do arvoredo.
Assisto sempre com um misto de admiração e perplexidade aodesfile daquelas pessoas que regularmente, ano após ano, organizam ao milímetro a sua presença e disposição na primeira fila do "quadrado" que abre a marcha. Algumas desculpo, tendo em conta que essa é uma rara oportunidade para se mostrarem e ressarcirem um pouco do protagonismo a que se julgavam com direito, por inerência, no palco da política. Depois, além disso, a gritaria partidária deu há muito cabo da Festa.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?