.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-05-06

 

O inominável

"Este caso não atira a Áustria para o abismo." Protesta, alto e bom som, indignado, o Presidente Heinz Fischer. Coitado que pode ele fazer se não protestar e pedir ajuda a todos os santos ou a algo que lhe acuda.
Depois destes casos lembrei-me que Hitler também era austríaco.
Mas não disse nada para não ser injusto. É que afinal também Mozart era austríaco, e Hayden, e Strauss, e Bruckner, e Mahler, e Schubert, e Schonberg, e Webern, e Alban Berg e Herbert von Karajan, e até talvez outros.
Mas que aquilo pode enfurecer até um presidente lá isso pode.
Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?