.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-05-15

 

Onde há fumo...


Surpreendido por uma malévola, inconveniente e anónima denúncia de que estivera a fumar a bordo do avião que levou a comitiva governamental na recente visita de Estado à Venezuela, o 1º Ministro José Sócrates declarou que não tinha tido consciência de que estivera a fazer algo de errado ou ilegal. Pediu desculpa, afiançou que não voltará a fazer o mesmo e arrumou a questão com uma "promessa": vai deixar de fumar.

A questão é francamente menor. Um fait-divers que não faz mais do que confirmar o que muitos já pensavam acerca da personalidade do actual 1º Ministro.

Independentemente da aplicabilidade da lei, teríamos gostado de saber se o 1º Ministro é daqueles que respeita, num espaço fechado, os direitos dos não fumadores.

Não tendo conseguido saber isso, os portugueses ficaram, por certo, consternados.

Desta vez, o 1º Ministro autopuniu-se radicalmente. Deixou de fumar. Pronto.

Mas, da próxima vez que transgredir, o que irá, então, deixar de fazer?

Comments:
Ver o segundo comentário de Antero de Quental, na opinião do Dr. António José Seguro, no jornal o Expresso, em:
http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/310373
 
Ná. Aquela mão não é do Sócrates. Não será do Manel Pinho? Ou de outro companheiro fumador?
Que raio de tema! Fumou e não devia, só tem de pagar a multa.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?