.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-06-29

 

Está nas nossas mãos...

"Está nas vossas mãos..." "Lá onde reinam a pobreza e a doença, incluindo a sida, lá onde os seres humanos são oprimidos, há ainda trabalho a fazer" - palavras de Mandela, no mega-concerto, que anteontem, no Hyde Park, em Londres, o homenageava pelo seu 90º aniversário em 18 de Julho próximo e angariava fundos para a luta contra a SIDA promovida pela sua associação "46664".
"Mesmo quando estamos a celebrar, lembremo-nos que o nosso trabalho está longe de estar completo - o nosso trabalho é pela liberdade para todos." ."Dizemos esta noite, após cerca de 90 anos de existência, que é tempo que novas mãos levantem este fardo"."Isso está nas vossas mãos, agradeço-vos".

Foram vendidos "46664" bilhetes perfazendo o número que Nelson Mandela ostentava na prisão de Robben Island onde o regime do apartheid o aprisionou durante a maior parte dos 27 anos de cadeia que sofreu por lutar contra o apartheid. Ao lembrar o concerto "Free Nelson Mandela", no estádio de Wembley há 20 anos, o maior ícon de África disse:
"Há muitos anos houve um show histórico que pediu a nossa liberdade. As suas vozes cruzaram as águas e inspiraram-nos nas nossas celas de prisão longe daqui. Esta noite nós podemos estar diante de vocês, livres."
Belo e comovente o grande concerto de Hyde Park aberto pelo o actor Will Smith com uma frase do cantor Peter Gabriel:

"se o mundo pudesse ter apenas um pai, o homem que nós escolheríamos para ser nosso pai seria Nelson Mandela".

Entre os artistas e as bandas que subiram ao palco na noite desta sexta-feira estavam o grupo Queen accompanhado de Paul Rodgers, Zucchero, Joan Baez ou os Sugababes. Esteve Amy Winehouse, Simple Minds, Annie Lennox, além de grandes cantores da África.
Nelson Mandela de passo vacilante apoiando-se numa bengala e na sua mulher Graça Machel, saudou a multidão, como ela lhe lembrava.
"Durante um jantar de beneficência quarta-feira em Londres, Mandela surpreendeu ao romper um silêncio de vários anos sobre o Zimbabué. O herói da luta contra o apartheid denunciou então o "trágico falhanço da direcção" deste país dirigido por Robert Mugabe."

Comments:
"trágico falhanço da direcção no vizinho Zimbabwe. Foi apenas isso que Mandela disse, não vale a pena acrescentos.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?