.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-06-22

 

Portugal, um país de incongruências e discriminações

Há dias, num artigo ou num post do Prof. Vital Moreira, vinham grandes "insurgimentos" contra o facto dos funcionários públicos beneficiarem de um regime especial de saúde, a ADSE. Pareceu-me que o grande argumento de Vital Moreira se devia ao facto do Estado contribuir com um montante significativo (embora menos que o dos funcionários) para a saúde destes e isso proporcionar-lhes melhor saúde face às restantes pessoas. Para mim não era um grande argumento, pois também no regime geral o Estado participa.

Tentei reflectir sobre o caso (sou beneficiário de tal regime, mas na realidade pouco o utilizo porque tenho vindo a recorrer a um seguro de saúde desde há muitos anos).

Pensei que essa discordância se deveria a que os funcionários públicos agora com esse seu regime estivessem a ter acesso a serviços de melhor qualidade. E daí começar a pensar em regressar, exactamente porque tinha praticamente abandonado a ADSE porque entendia que os serviços de saúde prestados eram maus e demorados.

Afinal, não esperei muito pela "bondade" dos serviços prestados Funcionários públicos esperam mais nos privados


Comments:
Mais um "disparate" de Vital Moreira. Aliás neste assunto Vital Moreira mistura a asneira com a má-fé, distorcendo e manipulando grosseiramente os factos de forma a agitar alguma demagogia em volta deste assunto.
É óbvio que o Estado comparticipa uma parte das despesas da ADSE e os utentes comparticipam o resto. Mas será que Vital Moreira desconhece que no SNS as entidades patronais fazem descontos sobreos seus trabalhadores? Não tem, pela mesma ordem de razões, o Estado também de contribuír com a sua parte com entidade patronal?
Desconhece Vital Moreira que enquanto que uma consulta no SNS é gratuita (salvo a taxa moderadora), o utente da ADSE tem que pagar uma parte da consulta que chega a ser, em muitos casos quase metade? A única vantagem que tem é apenas ter mais valências como a estomatologia.
Desconhece Vital Moreira que a concretizar-se a sua pretensão de abolir a ADSE riam sobrecarregar os Centros de Saúde mais 700 000 utentes, criando o caos num SNS que não consegue assegurar médicos de família a todos os utentes? Que os actuais utentes do SNS iriam ficar numa situação muito pior?
 
Realmente excitante é tentar adivinhar o que vai primeiro entrar em colapso total. A ADSE, o SNS, o cérebro de Vital Moreira, a pachorra?...
 
Desconhecia que os serviços da ADSE aos funcionários públicos era um regime especial tipo privilégio.Há muito que desisti dos serviços da ADSE por achar que serviam muito mal os seus utentes.O Sr. Vital Moreira desconhece estes serviços ou está a agir de má-fé. Ou por outro lado mais vale atirar pedras aos telhados de vidro dos outros antes que atirem a mim. Quando existem afirmações destas algo está escondido.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?