.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-07-25

 

A última semana de José Sócrates "no campo dos negócios"

O homem não pára. Numa semana foi a Angola , Líbia e ainda recebeu cá Hugo Chavez.

Tudo por bons motivos pelo menos no campo da economia do País.

Difícil que está o exportar das empresas portuguesas para os nossos tradicionais mercados, onde a concorrência/preço é cada vez mais forte e para onde não temos muitos produtos alternativos de maior valor acrescentado para oferecer, as saídas estão em mercados emergentes. E há que os procurar. E é tarefa do governo ao mais alto nível ajudar a criar as condições de toda a natureza para que esta linha singre.

Há quem critique algum excesso de palavras elogiosas de José Sócrates para com as personalidades com quem tem dialogado, casos de Angola e da Venezuela sobretudo, pela situação política nestes países, embora as situações não sejam as mesmas num e outro país.

Há quem ache bem distinguindo as relações bilaterais das relações de nível superior por exemplo ONU ou comunitárias.

Há um problema de eficácia. Há que ser pragmático e criar as condições para que as nossas empresas façam os negócios adequados e se possível de forma douradoura.

Há quem levante outra questão quanto a esta actuação do governo dizendo que todo este trabalho vai em benefício das grandes empresas, pois são elas que vão investir nesses países ou comercializar com eles.

Indo por partes. Só de facto investe quem tem capacidade e na grande maioria dos casos são de facto as grandes empresas que a têm, embora haja sectores como o calçado ou o têxtil em que a situação não é bem essa.

Mas se a economia com esta dinâmica melhorar ganha também o País no seu todo e este aspecto ultrapassa o âmbito dos grandes grupos económicos

Finalmente, há confusão em algumas cabeças com as linhas de crédito, como há dias ouvi em deputados da Assembleia Legislativa da Madeira confunfindo-as com donativos aos países, neste caso aos países africanos de expressão portuguesa. Chega.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?