.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-07-27

 

MFL - sem transigências com os media

Manuela Ferreira Leite dá uma grande entrevista ao Expresso. A entrevista de facto é pequena mas o jornal consegue encher com ela aquelas suas duas grandes páginas do caderno principal.
Sem dúvida que o PSD tem um líder com, digamos, substância. Ainda que até agora o que Manuela Ferreira Leite tem feito, o seu estilo reservado perante a comunicação social que suspira de tédio com a falta das animadas trapalhadas da dupla Santana/Menezes, seja um verdadeiro case study.

Quase tão importante para um dirigente político como a sua prestação governativa (se não maior) é a sua relação com os omnipresentes e omnipotentes meios de comunicação.

À animação mediática (e vazia) dos seus predecessores Manuela Ferreira Leite contrapôe a "seriedade" e desafia os media. Receio que não chegue.

Se não for Sócrates a perder as eleições não me parece que seja ela a ganhá-las.

Comments:
Uma grande verdade: MFL não tem cabedal para ganhar as eleições, apesar do apoio cada vez mais indiscreto do seu amigo PR. Mas Sócrates pode perdê-las.Vamos a ver se a Diplomacia de luxo o safa.

Seria bom para o País.
 
Caro Raimundo,

Prognósticos só depois do jogo.

Convenhamos que MFL conseguiu garantir a atenção de todos para quando tiver algo a dizer, um resultado que muitos só se obtêm depois de muitas opiniões rigorosas e úteis.
Se ainda vigoram os ditos populares "quem muito fala pouco acerta" e "os bons produtos não precisam de publicidade" então talvez se confirme que "o silêncio é de oiro".

Espero que não, claro.
 
É cedo para avaliar a situação. E a opção. Se MFL conseguir surpreender pelo conteúdo poderá ganhar a aposta. Mesmo que não ganhe as eleições. O grande decisor vai ser o estado a que a crise chegue.
 
já com medo de perderem os tachinhos
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?