.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-09-08

 

Ainda a lei do divórcio...

Cavaco, como Presidente, foi condicionado pela pessoa de Cavaco Silva. O que poderia Cavaco Silva (Presidente) ter evitado se fosse uma pessoa mais arejada em "termos de costumes", para usar uma expressão ontem utilizada por Paula Teixeira da Cruz, a propósito de Ferreira Leite, sobre a sua declarada oposição ao casamento de pessoas do mesmo sexo com base na asserção de que o "casamento se destina à procriação"?
  • Teria evitado intervir numa matéria que é muito pouco (entendo eu) da sua competência política como PR, sendo apenas do seu foro íntimo (e, por conseguinte, baralhou a Instituição Presidente, ocupada no presente por Cavaco Silva e a personalidade Cavaco Silva, como pessoa que tem posição sobre esta ou aquela matéria).
  • Evitaria mais uma sobrecarga de trabalhos na AR e, desta forma, contribuiria para um melhor desempenho da mesma, matéria de que o Preisdente tanto gosta.
  • Posicionar-se-ia, em paralelo, com a maioria dos países europeus que já espurgaram o divórcio da culpa.
O País nada ganha em ocupar mais tempo com esta discussão. Há que encerrá-la e não ceder ao veto do Presidente. O PS só faz bem em avançar com a lei tal e qual.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?