.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-09-21

 

Mais um golpe na Justiça deste País?

Não me parece que a decisão do juiz de instrução criminal do tribunal da Guarda que liberta o ucraniano detido com um grande arsenal de armamento e suspeito de pertencer a um gang internacional de elevada criminalidade possa decorrer de uma leitura ajuizada da lei penal, apesar de todos os defeitos que ela tenha.

Não quero fazer juizos de valor, mas há qualquer coisa que não está a resultar. Perde o País, perdemos todos porque deliberações deste teor só contribuem para aumentar o sentimento de segurança, mas o pior golpe (descrédito absoluto) é dado na própria justiça e seus operadores e em especial a classe de juizes.


Comments:
Cidade da Guarda:
Os juizes soltam um criminoso, ucraniano, na posse de um arsenal militar.


V.N.Cerveira:
O juiz aplica a pena de prisão preventiva a um casal suspeito por trafico de droga.

Estas noticias estão no DN de hoje.

Pergunto, como é possivel tão dispares sentenças? De graus completamente antagonicos? Como é que estes srs. aplicam a Lei? Quem os respnsabiliza por tamanha incompetencia e insubordinação na aplicação das Leis?Num dos casos.
Estas atitudes levam-me a pensar que muitos destes srs. fazem o jogo dos criminosos.
 
Parece que estamos assistir por parte das magistraturas a um plano pré estabelecido que tem vindo a funcionar como "greve" à aplicação da prisão preventiva.

Qualquer cidadão verifica que existe por parte desse corpo corporativo, (magistraturas) uma estratégia consertada de combate à Lei, em vez de combaterem os criminosos, causando graves problemas ao País e aos portugueses.

É meu entender que estes srs., deverão ser responsabilizados criminalmente pelo não cumprimento dos seus deveres para com o Pais e a Constituição. Os magistrados que assim se comportam estão ao nível dos que existem no 3º. Mundo, gente sem credibilidade, ética e moral. Já ninguém as respeita. Só medo.

Somos todos nós que estamos a pagar as mordomias desta gente sem as contrapartidas exigidas.

Cada vez mais acredito naquilo que o Presd. da OA, tem afirmado sobre esses srs..As magistraturas são uma falacia, tendo em conta as varias decisões avulsas e contraditórias que por aí há.

O Governo, como garante democrático e sufragado pelo povo, porque espera? Para criar leis que permitam por na rua quem não cumpra os seus deveres profissionais para com a sociedade que lhes paga?

Ninguém está acima da Lei, mesmo aqueles que tem obrigações de a aplicar.

Está visto, com esta pratica, as magistraturas só se deram bem com o fascismo. Aí sim, caladinhos, obedientes e prontos a aplicar a lei repressiva quem até só estivesse a pensar. É dramático mas é a verdade. Lamento dize-lo
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?