.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-09-14

 

Teimosia, Firmeza e Persistência

Muita confusão parece pairar sobre estes conceitos em algumas cabeças dos nossos governantes. Que devam ser muito firmes nas decisões e firmes e persistentes na aplicação das medidas de política que tomam, excelente. Que devam ser de uma teimosia estrutural quando as medidas que tomam começam a "abrir fendas" por todos os lados, reprovável.
Para o cidadão comum como eu, a reforma penal deste governo, desde o seu início há um ano, porque toda a gente clama contra a forma extemporânea como entrou em vigor, está a "abrir fendas" por todos os lados.

Poder-se-ia falar de uma campanha orquestrada contra o governo nesta matéria. Mas tão grande é a unanimidade que não é credível, embora haja sempre quem explore o que, aliás, faz parte das regras. Até no PS já há quem admita falhas na reforma.

Porquê então continuar com a teimosia? Isso leva a algum lado?
O governo está à espera da avaliação do Observatório da Justiça. Mas segundo a comunicação social o Observatório nas suas avaliações intercalares tem dado má nota!

Sendo assim, é de perguntar aos ministros da tutela para quê esperar mais? Não se percebe aonde leva a estratégia de teimosia.


Comments:
Ainda ontem o ministro Alberto Costa veio reafirmar a sua teimosia.
Nada a fazer. O Governo e o PS estão a fabricar o seu próprio enterro com atitudes como esta. Certamente que a reforma terá coisas boas, mas o que está na berra são as más e ninguém pode esquecer a libertação de presos e muitos com a entrada dos códigos penais. E quer queira o governo ou não, esse facto trouxe muita insegurança às pessoas. Faltou ao governo visão até eleitoral
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?