.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-10-16

 

O "dia" da Pátria

Costumo dizer entre amigos que dia de selecção é dia da Pátria, isto depois do europeu por cá.

Ontem foi um "dia da pátria", negro. Nada que não possa acontecer como muitos outros dias e bem piores, mas escandaloso. E contra 10 jogadores e desta vez nem há penalti não marcado que nos desculpe. O árbitro até corrigiu um erro que, caso não o corrigisse, a vergonha teria sido certamente ainda maior.

A Albânia jogou muito melhor que Portugal. Mas não tem Ronaldo's, nem Nani's, nem Quaresma's, (quase sempre renderia mais ficando no banco) e outros internacionais de elevado gabarito. Muito poucas desculpas são admíssiveis. Só mesmo "as portuguesas". E agora divirta-se e leia: A PREVENIR ELE É O MAIOR.

Mas não desanime. Carlos Queirós é daqueles que levará a selecção das quinas: de derrota em derrota até à vitória final.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?