.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-11-08

 

Ainda a situação na Madeira ...

Continuo a pensar que o Presidente da República, Cavaco Silva, agiu mal face à situação de insconstitucionalidade, criada na Madeira, da responsabilidade do PSD/M e ainda não resolvida.

Escrevem o Expresso e o DN que Cavaco Silva andou "a manobrar" na sombra para fazer calar Jardim. Jardim cedeu, manteve-se calado e, assim, Cavaco Silva não tem que estar em confronto com as duas Regiões Autónomas, em simultâneo, embora esteja convencido de que mesmo sobre o Estatuto dos Açores irão surgir aproximações Cavaco-PS, eventualmente com o PSD a ficar em situação menos confortável.

Jardim não podia falar, porque falando teria de ser solidário com o seu grupo parlamentar, o que empolaria ainda mais a situação, obrigando Cavaco Silva a ter de sair da sombra. A manobra até à data resultou, mas o problema continua por resolver. O Juiz Conselheiro Monteiro Diniz, representante da República na Madeira, embora proferindo algumas frases sobre a legalidade da situação, no mínimo infelizes, também serviu de intermediário e toda a gente conhece a sua influência sobre Alberto João em termos de técnica jurídica.

Mas interessa também o porquê de situações burlescas como esta se podem dar na Madeira. Encontra uma boa resposta em E AGORA A MADEIRA.


Comments:
Ver
http://www.puxapalavra.blogspot.com/
 
Ver
http://apresencadasformigas.blogspot.com/
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?