.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-11-19

 

Hoje, dia de grande tensão no sector Ensino

O braço de ferro entre os sindicatos dos professores e o ministério da educação está muito tenso e em vias de quebrar. Em termos sociais, Manuela Ferreira Leite, com mais um dos "seus doutos pensamentos", avançado ontem, veio "descentrar" um pouco as atenções desta questão quente e polémica.

Qualquer que seja a saída, a equipa da educação de Maria de Lurdes Rodrigues (MLR) sairá muito debilitada e, se a Fenprof abandonar a reunião de hoje e todos os sinais vão nesse sentido, o governo será abalado no seu conjunto e a equipa de MLR fica sem quaisquer hipóteses de permanecer, efectivamente, no Ministério, a não ser que a teimosia continue a imperar.

Aliás, a teimosia tem sido o grande pecado de todo este processo. As cedências aparecem tardiamente e princípios correctos com o da necessidade dos professores serem avaliados, como qualquer profissão, vai mais uma vez acabar por não ser operacionalizada por falta de reunião de condições mínimas.

Como diz Mário Soares, o "modus faciendi" tem sido muito infeliz, pela falta de flexibilidade e de diálogo do Ministério. A necessidade de ouvir os actores surge por necessidade de salvar a face e não por princípios democráticos. E chegou-se, assim, a um ponto de quase não retorno.

Esperemos mais umas horas.
PS. Acabei de tomar conhecimento do abandono da reunião pela Fenprof. Estava equivocado e pensava que a reunião se realizava ao princípio da tarde.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?