.comment-link {margin-left:.6em;}

2008-12-03

 

Toda a oposição contra o plano de salvamento do BPP

Toda a Oposição mas com nuances. ... A oposição de direita (PP e PSD) têm dúvidas e querem saber do governo informações precisas sobre o plano. A oposição de esquerda (Bloco e PCP) acham despropositada ou ilegal a actuação, com o Bloco a pedir a suspensão imediata do plano.

Nesta actuação do governo comandada pelo BP de Vitor Constâncio há várias interrogações a colocar. A primeira e de fundo é a seguinte: quando rebenta o problema, criou-se a ideia pelas intervenções de Vitor Constâncio e do próprio Ministro Teixeira dos Santos que era assunto arrumado: deixar cair, na base de que era um banco pequeno, um banco dos ricos e com fraco impacto no sistema. Passado muito pouco tempo, ouve-se dizer que Vitor Constâncio está a negociar com a Banca Portuguesa na tentativa de salvar o BPP da falência. E aqui surge a pergunta mais natural deste mundo: O que fez mudar as agulhas da análise?

Acho que as bases de mudança, se as houve, fundamentadas ou não fundamentadas, tipo modelo "moeda ao ar" na escolha de campo, deveriam ser tornadas públicas.

Uma vez decorrido este processo polémico (em termos políticos e socio económicos) de salvamento do BPP também nada foi dito, embora haja especulação jornalística, sobre as bases seguras desta operação, falando mais claro, que garantias reais são dadas ou existem para que os bancos "avalistas" não saiam prejudicados da operação?

Porque, caso contrário, é "a pescadinha de rabo na boca". O Estado avaliza os bancos que, por sua vez, avalizam o BPP em dificuldades, que, por sua vez, estão a pedir aval do Estado. Conclusão, em caso de azar (garantias insuficientes), e apesar de uma engenharia financeira diferente, concebida no BP, o dinheiro sairá sempre dos cofres do Estado e para onde?. Todo o cidadão tem legitimidade de se interrogar sobre esta questão.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?