.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-01-24

 

O que faz falta é "animar" a malta!

O caso Freeport pode ser um case study de grande animação "cultural/político".

Disseram-me que o "grande visado" deste caso, ou seja, José Sócrates, na qualidade de Ministro do Ambiente, de então penso, vai falar hoje aos jornalistas. O melhor é aguardar.

Mas não há dúvida que situações como esta é que trazem à baila "a grande política".

As pessoas em dificuldade, a discussão sobre um modelo de desenvolvimento que melhor se ajuste a este País, a ver se algum dia sairemos desta situação de grande desconforto generalizado, embora uma boa situação para alguns, é coisa que raramente alguém traz à conversa.

Não me vou meter no enredo deste caso Freeport, porque só sairia chamuscado e nada acrescentaria, pois esta situação é um caso de polícia pura e dura, embora a nossa polícia ande um pouco às arrecuas.
De qualquer modo, tenho algum gozo em atear a fogueira que já arde a bom ritmo.

Porque razão a comunicção social não se interroga sobre o papel de um tal Charles Smith, sócio da Smith &Pedro? Qual a sua intervenção global - estamos num mundo global onde não faltam offshores para todos os gostos - nas luvas. de que se fala, terem sido de 4 milhões de Euros? Um bom valor.

Aqui fica um tema para a especulação. Pergunto-me porque não ou porque sim não se especula sobre 4 milhões?`´E um valor insignificante?

Mas aguardemos porque certamente daqui a uns bons anos teremos no sistema informático da Comissão de Protecção de dados, de tão (des) protegidos que estamos, notícias sobre este caso. Só faltam cerca de 26 anos.


Comments:
Animar é saber onde foram parar os 4 milhões?
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?