.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-02-28

 

"O modelo social europeu" (2)

Continuando "a conversa" sobre o mito do "modelo social europeu" interessa dizer que apenas se registam aqui algumas características muito simples e básicas. Há vários livros e artigos, através dos quais se pode aprofundar esta matéria, alguns acessíveis via Net.

Umas curtas notas sobre o modelo "ango-saxónico".

Este modelo social teve como base inicial o Welfare State (Estado providência) de lord Beveridge com grandes semelhanças com "o nórdico", consolidou-se durante a 2ª guerra mundial, mas foi em parte desmantelado pela Srª Tatcher e depois alterado pela deriva liberal do partido trabalhista.

Hoje em dia por efeitos dessa deriva liberal o modelo deixou de ter uma visão e uma doutrina. Associa elementos extremamente liberais com outros de carácter mais estatal como o salário mínimo estabelecido por Blair (de nível muito baixo, entenda-se, no contexto da economia do RUnido). A saúde é gratuita e pública, mas de qualidade medíocre. O sistema de reformas é misto: coexiste o sistema clássico com um sistema privado por capitalização.

Em média, o nível das prestações sociais é fraco e não universalista como no modelo nórdico.

O financiamento deste modelo é também assegurado pelos impostos, mas as relações sociais britânicas caracterizam-se mais pelo confronto do que pela negociação.

Etiquetas:


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?