.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-03-16

 

"É altura de os bancos assumirem as suas responsabilidades"


"As instituições financeiras não podem escapar quer à responsabilidade por terem criado a presente crise, quer à responsabilidade para encontrar soluções", afirmou a Comissária responsável pela Concorrência, Neelie Kroes, numa conferência em 14 de Março.

A Comissária disse que os bancos têm que substituir "estruturas insustentáveis, com demasiados riscos por formas mais simples, com menos riscos, mais prudentes e mais transparentes".


"Visamos equilibrar as contas através de reestruturações ou do encerramento de bancos, por forma a que as instituições sobreviventes tenham melhores perspectivas de um futuro saudável. Esta é a via mais clara para a estabilidade no sector, com mais empréstimos para a economia real e um regresso ao crescimento económico.”

A Comissária indicou que era necessária mais transparência para retomar a confiança: "A fim de proteger os contribuintes e manter uma concorrência leal, os dinheiros públicos não estarão disponíveis para os bancos que não queiram, em contrapartida, dar a conhecer as suas contas”.

A Comissária apelou ainda a uma maior liderança do sector bancário "no sentido de tomar a iniciativa de restaurar a confiança nos patrimónios que detêm” e de desenvolver novas ideias para a banca transnacional.
(Desenvolvimento em SPEECH/09/117 e MEMO/09/109)

Etiquetas: ,


Comments:
Na banca portuguesa era desde início ter deixado cair o BPP. Ainda hoje não se percebe tanta candura do Sr. Governador, Dr. Constãncio, para com este banco, em cuja salvação se empenhou a fundo. Melhor teria feito se tivesse aplicado esse esforço na regulação de que tinha obrigação e onde, por falta de empenho hipotecou as suas credenciais.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?