.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-03-27

 

Jorge Miranda... Um nome imbatível para Provedor de Justiça

Um nome rejeitado. Certamente há a registar muitas gafes de processo.

Mas nada disto se pode levar a sério. Com gafes ou sem elas tudo iria dar ao mesmo.

E, afinal, que benefícios traz a este país haver ou não um Provedor de Justiça?

Opiniões, alguma burocracia, alguma pressão, mas de efeitos simbólicos.

Donde este jogo político faz pouco sentido. nada de fundamental está em disputa.

Há que rever a Constituição, atribuir outras funções ao Provedor e também novos métodos de escolha do mesmo. Um Simplx em tudo isto.

Para quê tanta complexidade? É mesmo querer atiçar a lenha do jogo político.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?