.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-04-10

 

O enriquecimento ilícito


Na última ida do Governo à AR Sócrates não ficou bem na fotografia. Refiro-me à questão candente do enriquecimento ilícito. Tanta fortuna que por aí se exibe com espavento pode continuar com o o seu sorriso álacre. E o PSD levou o 1º ministro às cordas. Não interessa para o caso se é apenas demagogia, nem saber se estaria tão afoito no combate ao enriquecimento ilícito se soubesse que o PS ia por aí.

O argumento da inversão do ónus da prova não convenceu. É claro que se se se fosse por aí, pôr a descoberto a origem de tanta fortuna inexplicável, o terramoto moral não era menor que esse provocado pela grande crise financeira. Esta teve ao menos o mérito de pôr a nu que a grande superioridade da ordem neoliberal e da libérrima desregulação era, não a do desenvolvimento da economia mas a da permissão do roubo legal, institucional, pelo sistema financeiro (bancário e principalmente pelo outro, paralelo, tão grande ou maior) com a cumplicidade de governantes, de bancos centrais, organismos de supervisão, reguladores e respeitadíssimas sociedades de certificação financeira e contabilística.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?