.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-05-06

 

Aconselhamentos e equivalências do Presidente Cavaco Silva

Uma pessoa toma o pulso da informação nos trajectos de carro que vai fazendo durante o dia através da rádio.

Ouvi, por exemplo hoje, Cavaco Silva a aconselhar todos os partidos a se empenharem (de alma e coração como diria o nosso povo) na resolução dos problemas do País. A apresentarem propostas credíveis e realizáveis. Fiquei, no entanto, com dúvidas devido ao contexto da pergunta a quem era didigida a mensagem, ou seja, Cavaco estaria a aconselhar todos os partidos ou só dois porque como a pergunta feita pelos jornalistas era sobre o Bloco Central, não percebi até onde queria ir o Presidente.

Para Cavaco Silva todos os 19 membros do Conselho de Estado merecem dele idêntica consideração. Deduzi que, apesar de Dias Loureiro, ter deixado má impressão e dúvidas nos deputados, ele para efeitos de Conselheiro de Estado o iguala a Eanes, Mário Soares, Sampaio, etc., e certamente a ele próprio Cavaco Silva, futuro Conselheiro de Estado. Penso que desta forma Cavaco nos estaria a aconselhar a ficar calados sobre o caso.

Conselhos de "pai" bonzinho portem-se bem não levantem ondas. Mas será que os partidos precisam dos Conselhos do Presidente, ou melhor dito competirá ao Presidente dar conselhos aos partidos? Acho que não e aos cidadãos ainda menos.


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?