.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-07-31

 

A diferença entre pessoas

Depois dos mimos personalizados que me dirigiu o Manuel Correia no post " em busca do fundo (10)", a minha reacção assume duas partes.

Pontos prévios:

Caro Manuel Correia, face a estes pontos prévios não entendi, positivamente nada, da tua linguagem, nem aonde pretendes chegar.

Dizer que "desdenhei" do que escreveste porque tenho uma leitura diferente da tua é simplesmente abusivo. É uma tentativa de colar intenções em quem nunca as teve. Será que pensar diferente é ilegítimo? Não sabia. Hei-de pensar nisso.

Entrando nos factos. Para mim não é líquido que a Joana Amaral Dias e a Maria do Rosário Gama tenham sido convidadas. Para mim, o que é líquido é que se está a "fazer política" com assuntos pouco relevantes. E não percebo onde possa estar o "trade off" nem o político nem o ideológico tão diferenciadores ou tão diferenciados.
Comments:
Para mim é líquido que ambas foram convidadas. E que para esses dois (BE, PS) o assunto é extremamente relevante.

Ou não são eles partidos com um longo historial de apresentar troféus de caça para ganhar vantagens eleitorais?

Se sempre o fizeram alguém acredita que não o fizessem agora?
 
Viva João Abel.
Boa tarde.

O teu poste dos "Assédios Cruzados" tem uma passagem que reza assim:

"Este país não tem assuntos a merecer a atenção dos partidos. É a grande desilusão política e o incentivo à abstenção e ao voto em branco."

Ora como o assunto já me tinha merecido recentemente dois posts, tomei a liberdade de retorquir - o que também não ofende, suponho, a "liberdade responsável" de participar em blogs - que o elemento que estás a desvalorizar tem, a meu ver, importância, e que, objectivamente, estando nós a tratar do mesmo tema, estamos a trocar impressões, directa ou indirectamente.
Tu, com a tua liberdade, escolheste escrever sobre um tema comum, desvalorizando um dos aspectos que eu reputo mais interessante; eu, com a minha liberdade, disse o que tinha a dizer.
Parece-me que o planeta pode continuar a girar...
 
Meu caro Manuel Correia, o que me chocou não foi a diferença de ideias, nem o facto de responderes. Mas, a forma. Daí as diferenças. Mas sem dúvida, o mundo não pára.
João Abel de Freitas
 
senhor abel caí aqui de pára-quedas , e verifico que o senhor tem uma linguagem muito pobre , ora não seria melhor instruir-se um pouquinho mais Com O senhor Manuel Correia. Não lhe parece que este senhor é iluminadíssimo !
Olhe que o senhor só ficaria a ganhar ....
respeitosamente
O Bernardes
 
ora... se o senhor Bernardes caiu aqui de pára quedas... use um GPS mais de seu tom e oriente-se!...
 
Tenho vários GPSs , Senhor Abel , só não me oriento com atoardas envelhecidas , do género forma e fundo, com o desplante com que se xuxa-a-lista. Compreende ? Mas, como o senhor é mais bem humorado , que o senhor Manuel Correia que é um sanguíneo pardacento , eu relevo .
Os meus cumprimentos
O Bernardes
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?