.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-07-02

 

A grande garotice de Manuel Pinho deu...

... uma decisão inédita do primeiro primeiro ministro José Sócrates. Em directo frente às câmaras faz a demissão do Ministro da Economia e a nomeação de Teixeira dos Santos em acumulação com as Finanças.

Uma decisão correcta, onde também dificilmente haveria outra saída que salvasse a face do governo.


Comments:
O cheque que fez cair Manuel Pinho

Foi o questionamento do PCP em 26 de Fevereiro de 2009 que esteve na origem da demissão que hoje se verificou do Ministro da Economia

Donativos da EDP ao Sport Clube Mineiro Aljustrelense
26 Fevereiro 2009

Destinatário: Ministro da Economia e Inovação

No dia 16 de Fev, no decorrer do jogo de futebol entre o Sport Clube Mineiro Aljustrelense e o Sport Clube UniãoTorreense, foi anunciado que se encontravam no estádio não o Sr Ministro da Economia para ser homenageado e o Senhor Governador Civil como coordenador da iniciativa mas os srs Dr. Manuel Pinho e General Manuel Monge na qualidade de simples cidadãos. (...)

No dia 17 de Fev a Rádio Pax dava conta da declaração do Sr Governador Civil de Beja em que este afirmava “…que o Mineiro Aljustrelense pode convidar para ir ao seu campo as pessoas que entender”.

No dia 18 de Fev a Direcção do Sport Clube Mineiro Aljustrelense, em nota de imprensa, informava que “ a direcção do Mineiro não homenageou o Dr. Manuel Pinho pelo trabalho que fez ou deixou de fazer pela reabertura das Pirites Alentejanas, mas sim por ter sido combinado que lhe teríamos todo o gosto em oferecer uma camisola deste clube e que lhe a entregaríamos junto do seu gabinete, facto que se alterou dado que nos manifestou vontade de a receber durante um jogo em Aljustrel”.

As contradições entre as informações dadas à Lusa pela fonte do Ministério da Economia (...) as declarações do Governador Civil de Beja à Rádio Pax que confirmam a ideia do convite e a nota de imprensa da Direcção do Sport Mineiro que desmente esta versão (...) são manifestas e exigem cabal esclarecimento.

A informação, no decorrer do jogo, de que estavam presentes no estádio não o Sr Ministro e o Sr Governador Civil de Beja mas os cidadãos Dr. Manuel Pinho e General Manuel Monge são outro facto político a exigir clarificação pois contraria a afirmação de que estaria lá como convidado para ser homenageado.

O anúncio pelo Sr Ministro da Economia, mesmo que na qualidade de cidadão Manuel Pinho, da entrega de cinco mil euros, não do seu Ministério mas da EDP, ao Sport Clube Mineiro Aljustrelense, constituindo um facto político inaceitável, revelador de uma inadmissível promiscuidade entre o cidadão/Ministro da Economia Manuel Pinho e a empresa EDP sobre a qual exerce a tutela, é outro aspecto que não pode deixar de ser devidamente esclarecido.

Na verdade tudo indicia uma inadmissível instrumentalização de um clube de futebol, necessariamente apartidário, e dinheiros da EDP para mais uma operação de propaganda do Governo situação que não se pode tolerar e que não se pode ficar pelo mutismo do Sr Ministro da Economia como sucedeu no passado dia 17 de Fev quando confrontado por três vezes, na Comissão de Economia, com esta escandalosa situação.

(...)
 
(...)
Assim, e ao abrigo das disposições legais e regimentais aplicáveis, venho requerer através de V. Exa., ao Senhor Ministro da Economia e Inovação, resposta às seguintes perguntas:

1.Como explica o Senhor Ministro da Economia e Inovação a informação do seu ministério à Agência Lusa de que iria no dia 16 de Fevereiro a Aljustrel como convidado do Clube local para ser homenageado pelo seu papel na resolução do problema das minas de Aljustrel?

2.A iniciativa da sua deslocação a Aljustrel foi ou não coordenada pelo Senhor Governador Civil de Beja?

3.Como explica o Senhor Ministro que a sua presença e a presença do Senhor Governador Civil de Beja tenham sido anunciadas na qualidade de cidadãos e não com o seu verdadeiro estatuto de governantes?

4.Quem tomou a iniciativa de que fossem anunciados como cidadãos e porquê?

5.A proposta de se deslocar a Aljustrel para assistir ao jogo de futebol e aí receber a camisola que lhe havia sido prometida pela Direcção do Sport Clube Mineiro Aljustrelense na qualidade de Ministro de Economia e Inovação foi da iniciativa do Sr Ministro como afirma a Direcção do Sport Mineiro no seu comunicado? Se sim não acha o Sr Ministro inadmissível a instrumentalização de um clube de futebol, necessariamente apartidário, para fins de propaganda política?

6.Considera o Sr Ministro normal ser o Ministro da Economia e Inovação a representar a EDP, empresa que tutela, no anúncio da entrega dos cinco mil euros doados por esta empresa ao Sport Clube Mineiro Aljustrelense?

7.Como surgiu a iniciativa da EDP oferecer cinco mil euros ao Sport Clube Mineiro para novos equipamentos e a que título foi o Senhor Ministro a oferece-los como anunciou o seu ministério?

8. Quem tomou a inciativa de fazer do Sr Ministro da Economia porta-voz da EDP mesmo que na condição de simples cidadão?

http://www.pcp.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=34264&Itemid=581
 
Pinho fez uma triste figura ontem na SICn. Já poderia ter ido de férias e não a justificar o injustificável.
 
Pinho tenta fazer passar algo que não se deu. Ele foi demitido e não se demitiu. Por ele continuava. Era mais uma.
A.Silva
 
Nada desta "merda" serve o País.
Pinho portou-se como "um merda". Sócrates não lhe agradece. Não pode, por uma razão de cortesia, dizê-lo.Agora Pinho continua a não ter senso. Bem podia recolher-se.
Mas não estou a fazer o choradinho do PS.Fez as asneiras todas que as pague. Mas por outro lado, as esquerdas a quererem entregar isto à direita,e questionem esta boca como quiserem, é de facto uma grande "merda".
C.Chaves
 
Porque é que o Pinho não respondeu às 8 perguntas que o deputado Bernardino lhe fez há 6 meses?

1.Como explica a informação do seu ministério à Lusa de que iria em 16 Fev a Aljustrel como convidado do Clube local para ser homenageado pelo seu papel na resolução do problema das minas de Aljustrel?

2.A iniciativa da sua deslocação a Aljustrel foi ou não coordenada pelo Governador Civil de Beja?

3.Como explica que a sua presença e a presença do Governador Civil de Beja tenham sido anunciadas na qualidade de cidadãos?

4.Quem tomou a iniciativa de que fossem anunciados como cidadãos e porquê? 

5.A proposta de se deslocar a Aljustrel para assistir ao jogo de futebol foi da (sua) iniciativa como afirma a Direcção do Sport Mineiro? Se sim não acha inadmissível a instrumentalização de um clube de futebol, necessariamente apartidário, para fins de propaganda política? 

6.Considera normal ser o Sr. a representar a EDP, empresa que tutela,  no anúncio da entrega dos cinco mil euros ao Sport Clube Mineiro?

7.Como surgiu a iniciativa da EDP oferecer cinco mil euros ao Sport Clube Mineiro e a que título foi oferece-los?

8. Quem tomou a iniciativa de fazer do Sr porta-voz da EDP?

O Ministro foi-se embora mas o governo tem a obrigação de responder às perguntas que o deputado Bernardino Soares fez há 6 meses! E antes de as ter entregue por escrito já tinha confrontado por 3 vezes o ex-ministro na Comissão de Economia!

Transparência exige-se! O governo tem a obrigação de responder ao deputado Bernardino Soares!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?