.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-07-12

 

Há dias numa conversa de café...

... Ouvia, ouvia, atentamente, a defesa de várias "estratégias políticas" sobre o rumo deste país.

Apesar de estar entre amigos e pessoas conhecidas, ainda estou para perceber se as várias estratégias atribuídas às diferentes cores políticas, não estavam mesmo interiorizadas por alguns dos presentes que as expunham com "alguma convicção". Que me perdoem os presentes na conversa, alguns dos quais certamente vão ler este escrito, se estiver a ler mal "as consciências".

As estratégias, ditas andar aí, são sensivelmente assim: uma corrente PSD anti-MFL aposta mesmo numa vitória de Sócrates à tangente e, assim, matam dois coelhos: encostam à parede MFL e criam um ambiente de ingovernabilidade que facilmente arrumariam Sócrates na prateleira, tomando o poder e estabilizam a governação. Uma forte corrente (?) dentro do PS aposta numa vitória do PSD sem maioria com o CDS, exactamente com os mesmos objectivos de rapidamente recuperar o poder, apostando em ambiente semelhante ao do pós Guterres.

Nas esquerdas, o objectivo é outro, somar votos numa luta entre Bloco e PC. Quem mais recruta no PS? E alguém acrescentou o Bloco está mais favorecido, porque Manuel Alegre está a dar-lhe uma mãozinha.

Esta conversa não acrecenta nada. De algum modo, lendo os analistas políticos é isto que insinuam com mais ou menos nuances.

No meio desta conversa animada, alguém resolveu estragar tudo, perguntando. Mas afinal não há nenhuma estratégia voltada para os interesses do País? Afinal, é só jogo partidário?

Começou a discussão e as pessoas começarm a arranjar argumentos para irem saindo para não entornar muito a conversa.

Comments:
Your blog keeps getting better and better! Your older articles are not as good as newer ones you have a lot more creativity and originality now keep it up!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?