.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-08-20

 

Calor (1)



Num meio em que a "recolha de informações" é encarada com quotidiana naturalidade, espantaria que o Presidente da República e o Primeiro Ministro se digladiassem com base na suspeita de que um deles pudesse estar mais bem informado do que o outro.

Estamos perante um daqueles casos de suplemento estratégico a que o PS e o PSD recorrem para dramatizar uma agenda eleitoral desprovida de interesse. De um lado, um governo em fim de mandato; do outro lado, um "governo sombra" (a Casa Civil da PR) maioritariamente do PSD. Nenhum mistério. Mesmo que Jaime Silva se pegue com Sevinate Pinto e o leve a tribunal; mesmo que se "descubra" que membros da Casa Civil da PR deram uma mãozinha na elaboração do Programa Eleitoral do PSD; mesmo que Cavaco Silva permaneça em silêncio, para favorecer, por pouco que seja, a suspeição que parece recair sobre o governo do PS, as questões parecem deslocadas...


Espionagem do Governo contra o PR?

Mas porquê?

O que é que se poderia passar na Casa Civil sem o conhecimento do PS?


Comments:
Exactamente! Mas só com espionagem é que poderia parecer que... poderia, não?...
 
cuidado com a ortografia , sr Correia !
O Bernardes
 
Ó Sr. Bernardes, diga, por favor, o que está errado, que eu agradeço e emendo.
Grato
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?