.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-09-14

 

A reincarnação da Padeira de Aljubarrota

Ferreira Leite, transformada numa nova Padeira de Aljubarrota ao acusar Sócrates de que estava ao serviço dos espanhóis no TGV, já teve respostas várias quer de grandes órgãos da comunicação social Espanha rendida aos ataques "nacionalistas" de Manuela Ferreira Leite quer de membros do governo de Espanha quer de algumas Autonomias.

A argumentação aduzida está ao nível da usada há algum tempo pela mesma protagonista de que as grandes obras públicas só serviam para dar trabalho a imigrantes caboverdianos e ucranianos.

Francamente penso que, se por acaso, como muito se tem dito, Ferreira Leite é "uma ponta de lança "de Cavaco Silva no PSD, o Presidente deve andar a dormir muito mal, pois não o veria a cometer um deslize desta dimensão. E se continua a insistir nesta dos espanhóis como ainda ontem o fez nos Açores. a situação piora ainda. Penso que Mota Amaral que estava ao seu lado deve ter bocejado vezes sem fim.

E a terminar, registo apenas que este azedume anti-Espanha só lhe chegou em campanha eleitoral. Enquanto serviu os interesses espanhóis como administradora do Santander, esses "preconceitos"
certamente não existiam.

É uma padeira a despertar tardiamente para o "dever" pátrio.



Comments:
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Não ofender a padeira de Aljubarrota.
Esta "nova padeira" é uma serôdia, gasta e de mal com a vida há muitos anos.
 
gasta......mais "forreta".....?
 
Não concordo...
Ferreira Leite é muito retrógrada. Pretende ser uma primeira ministra. Pior seria que qualquer dona de casa. Francamente espero que tal nunca venha a acontecer. Ponham lá qualquer outro líder do PSD. Será sempre melhor. Ferreira Leite nunca se endireitou com os percalços da vida que teve. Nunca abriu a cabeça. Cavaco apostou muito mal. "Amores"/entendimentos de infância raramente levam a lado algum.
 
Não concordo com muito do que aqui se diz relativamente ao anti-espanholismo de MFL. Tudo indica que ela uso o tema como munição. O uso do patrioteirismo, normalmente associado a posições "firmes" em relação à Espanha, é recorrente entre a nossa "elite" política. Querem um exemplo? O finado Sousa Franco. Lembram-se dos seu inflamado nacionalismo quando do caso Campalimaud/Santander?
 
El Sr. Anti- Espanhol.....¿Le trajo mala suerte al Dr. Sousa Franco?
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?