.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-10-14

 

Barak Hussein Obama um bem merecido Nobel

As reacções na imprensa dos mais conhecidos analistas à atribuição do Nobel a Obama são, como era inevitável, bastante contraditórias e... bastante previsíveis. A última que li foi a de Pacheco Pereira no Público (2009-10-09) e o político que tão entusiasticamente apoiou invasão do Iraque e a Administração W Bush que conduziu a América ao mais elevado patamar de repulsa em todo o  mundo, não está satisfeito com a decisão do comité do Nobel.
O argumento mais comum dos incomodados com o Nobel da Paz de 2009 para desvalorisar os fundamentos da decisão é o de que atribuição só se pode sustentar pelo que Obama promete ou prometeu  e não pelo que tenha feito que seria ainda nada. E que não passa de uma forma de o condicionar a lutar pela Paz desviando assim a América do justo desígnio que acham dever ser o seu, o belicismo imperialista.
______
Nota: isto foi escrito no dia 10 quando saiu o artigo de opinião referido. Ficou para ali a aboberar, como rascunho, com a ideia de o acrescentar. Agora, já obsoleto, quando o sentenciava à guilhotina  do delete fraquejei e atirei-o para aqui. Peço a vossa indulgência.

Etiquetas: ,


Comments:
Fez bem.
É preciso denunciar sempre a lata dessa gente!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?