.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-10-13

 

O País com o passo trocado

Sem saber como explicar porque deram os eleitores mais votos ao PS do que ao PCP em Beja, Aljustel ou Marinha Grande onde o seu partido governava, a Jerónimo de Sousa não ocorreu melhor do que dizer às televisões "que o PS era o principal instrumento da direita para atacar o PCP." Melhor seria tentar explicar com causas mais plausíveis decorrentes da gestão autárquica. Porque assim lá terá de explicar a conquista de Alpiarça ao PS com um argumento equivalente e igualmente falso, do género: o PS é o melhor instrumento da direita para ajudar o PCP.
O país vai com o passo trocado. E não há maneira de o acertar pelo de Jerónimo de Sousa.

Etiquetas: , , ,


Comments:
Tenho ideia que o PCP ganhou mais autarquias ao PS.
 
"Sem saber como explicar porque deram os eleitores mais votos ao PS do que ao PCP em Beja, Aljustel ou Marinha Grande onde o seu partido governava a Jerónimo de Sousa não ocorreu melhor do que dizer às televisões "que o PS era o principal instrumento da direita para atacar o PCP."

Por acaso ouvi a explicação do Jerónimo pelas TV's sobre Beja. Que se resume à concentração dos votos do PSD no PS. E que olhando para a “evolução” das votações do PSD, constato que bate certo:

Para as Assembleias de Freguesia teve em 2005, 2.753 votos e passou a ter em 2009, 2.117, isto é perdeu 636 votos e de 13 passou a ter 8 mandatos, isto é menos 5 mandatos.

Para a Assembleia Municipal, de 3.011 passou a 1.926, isto é, menos 1.085 votos e de 4 passou a 2 mandatos, isto é menos 2 mandatos.

Para a Câmara, de 3.056 passou a 935 votos, isto é teve menos 2.021 votos e perdeu o vereador que tinha. Obviamente que os votos (e o vereador) não se “perderam”, transferiram-se direitinhos para o PS.
 
Eu acabo por achar um piadão à preocupação do Raimundo com perdas da CDU mas não entendo a sua falta de “solidariedade” com os seus camaradas socialistas de 10 distritos e dos Açores que também sofreram perdas (e algumas duras) nomeadamente em: Santarém (Alpiarça, Rio Maior), Beja (Alvito), Portalegre (Crato, Arronches), Évora (Alandroal, Estremoz), Faro (Monchique, Faro), Braga (Amares), Porto (Espinho), Guarda (Vila Nova de Foz Côa), Castelo Branco (Sertã), Viana do Castelo (Valença) e Açores (Vila do Porto).

Presumo que todas estas perdas socialistas têm a ver com a gestão autárquica, certo, Raimundo?
 
Ao Luis (?) só faltou a explicitação implícita "criativa" que Santana Lopes deu para justificar a perda em Lisboa. Ajustado a Beja seria o acordo por debaixo da mesa do PS com o PSD. Em Lisboa, foi com o PC. Toda a gente entendeu. Só faltou dizer que o PC saiu com muito mais vigor de Beja.
 
“o Luis (?) só faltou a explicitação implícita "criativa" que Santana Lopes deu para justificar a perda em Lisboa. Ajustado a Beja seria o acordo por debaixo da mesa do PS com o PSD. Em Lisboa, foi com o PC. Toda a gente entendeu.” ????

Francamente parece-me é que o Anónimo ainda nem percebeu como é que o PS obteve (numericamente) a sua votação para a Câmara.

Vejamos qual foi a diferença nas votações para as Freguesias e para a Câmara nas quatro forças mais votadas. Na CDU a diferença foi de -14.714 votos; no BE foi de -5.358 votos, no PSD foi de -1.773 votos e no PS foi de +21,642 votos. De onde veio esta diferença favorável ao PS? Do somatório das diferença CDU+BE+PSD que dá exactamente 21.845 votos! Isto é, votaram contra o Santana eleitores da CDU, do BE e até do PSD/CDS!

Quanto ao Ruben a sua eleição estava assegurada praticamente a meio da contagem. E se para a Câmara se tivesse repetido a votação que a CDU obteve para a Assembleia Municipal ter-se-ia eleito também o Miguel Tiago e o PS ficaria apenas com 8 vereadores. Lembro que na Assembleia Municipal a CDU teve 28.025 votos! Ora segundo o método de Hondt, o PS elegeu o 9º deputado com 13.708 votos... Tivesse a CDU repetido na Câmara a votação que teve na Assembleia Municipal metia de certeza o seu segundo vereador, certo? Foi pena não ter metido...

Claro que se o PSD tivesse repetido na Câmara a votação que teve nas Assembleias de Freguesias (110.230) também teria eleito o seu 8º vereador...

Como vê, em vez de 9+7+1 podia-se ter 8+8+2 com a maior das facilidades. Eu não me estou a queixar, apenas a constatar...
 
Luís vamos fazer o simples exercício de, na sua esforçada contabiliade, exuberante de proselitismo, trocar PS por PCP ( ou CDU se achar mais correcto) e vice-versa. A sua "análise" onde agora vê manobras partidárias e cavilosos conluios glorificaria então a vitória da razão e da justiça e concluiria que desta vez o Bom Povo não se deixara enganar e dera a vitória ao PCP.
Não percebe que a sua contabilidade não prova nada do que deseja. Só prova que mais eleitores aqui votaram no PS derrotando o PCP e ali preferiram o PCP (ou a CDU) e derrotaram o PS.
Os partidos não são donos dos votos. E os eleitores (não me refiro à minoria que tem na política uma postura religiosa)elegem ou castigam os candidatos e respectivos partidos com base no que julgam ser melhor para si ou para a sua terra e não por razões de táctica ou estratégia partidária própria das direcções dos partidos.
Vá lá não considere o eleitor (o POVO!)uma mera marioneta ao sabor da linha do partido. Dê-lhe um bocadinho de independência, de inteligência e dignidade.
Um conselho. Experimente duvidar. Dúvida metódica. Comece por temas afastados da política depois de treinado aproxime-se dos temas partidários e verá que o mundo além do preto e do branco ainda tem outras cores.
Sem acrimónia. Apareça. Até para vermos se seguiu o meu conselho e tirou proveito.
Agora aqui só entre nós, você não é a Margarida, pois não?
 
Senhor Raimundo NArsíco , o senhor não vê muito bem , e ás vezes é muito agressivo , quero evitar a palavra básico , porque é grosseira, é muito exaltado nas análises ... Por que não faz uma terapia, olhe que iria dar algum sentido aos seus ressentimentos . è isso , uma terapia ajudava .
O Bernardes
PS - pode apagar eu volto à liça , o que eu tenho a dizer-lhe é mesmo a si , os outros não têm nada que saber , não é ... O Senhor Narcísico , apaga sempre ... Eu compreendo
 
Ó Raimundo é gastar latim com quem nem o português entende.
Mas agora apareceu-te este Bernardo todo exaltado. É irmão do Luís ou é o Luís mascarado?
Zé do Telhado
 
“Não percebe que a sua contabilidade não prova nada do que deseja. Só prova que mais eleitores aqui votaram no PS derrotando o PCP” ???

Francamente Raimundo, então andou o Costa a fazer as figuras que fez (até de pedinte, à saída do Metro), na sua campanha de assustamento com o perigo do papão PSD em Lisboa e sem as pensar vem reconhecer que afinal o fito dele era derrotar o PCP?

E se a minha “contabilidade” nada prova, como é que explica então a diferença entre os votos que os 4 mais votados tiveram entre as votações para as Assembleias de Freguesia e a Câmara?

Por muitas voltas que dê o PS foi o único que teve um saldo positivo na Câmara de 21.642 votos e o somatório dos saldos negativos da CDU+PSD+BE dá mesmo 21.845 votos!

Se estes tais 21.642 eleitores do PS na Câmara não vieram de eleitores que nas Assembleias de Freguesia votaram na CDU, PSD e BE, afinal de onde é que vieram? Fico deitadinho (está na hora de ir para a cama) à espera que me responda.

E de que Margarida é que está a falar? Eu sou mesmo Luís.
 
XXXXXiiiiiii o que para aqui vai de conversa. mais os comments que o post. Até estou baralhado com tanto número. Mas parece que o Luís tem razão 2+2 = 4. Mas o Luís não rebateu os argumentos do autor do post.
Amanhã venho cá ver como vai a festa.
Luís M C (por acaso também sou luís)
 
"Mas parece que o Luís tem razão 2+2 = 4. Mas o Luís não rebateu os argumentos do autor do post."

Pelo menos já deu para compreender que em Lisboa quer CDU, BE e mesmo PSD sofreram de transferência de votos do seu eleitorado para a lista do PS da Câmara. Resta dizer que também as mesmas forças perderam votos em relação a 2005, CDU inclusivé.

Em Beja, contudo, a CDU aumentou a sua votação nos três órgãos em relação a 2005 e mantém o mesmo número de mandatos na Câmara e Assembleia Municipal e até passa de 72 para 74 mandatos nas Assembleias de Freguesia. E continua a ser a força maioritária na Assembleia Municipal e detém a presidência de 11 das 18 freguesias. Em Cuba houve concentração massiva de votos do PSD para o PS na Câmara (que perdeu mais de 2.000 votos e o vereador) e em menor número do PSD para o PS na Assembleia Municipal (dando a presidência deste órgão ao PS).


Isto é, em ambos os casos a CDU sofreu os efeitos da bipolarização induzida: em Lisboa a favor do PS (por "medo" do PSD), em Cuba a favor do PS (para desalojar a CDU). Em Lisboa, para o PS, o PSD foi o "papão" e em Cuba, para o PS, o PSD foi o escadote para ganhar a presidência dos órgãos municipais.
 
Correcção: com o sono, cometi alguns erros. Aqui vai corrigido:

"Mas parece que o Luís tem razão 2+2 = 4. Mas o Luís não rebateu os argumentos do autor do post."

Pelo menos já deu para compreender que em Lisboa quer CDU, BE e mesmo PSD sofreram de transferência de votos do seu eleitorado para a lista do PS da Câmara. Resta dizer que também as mesmas forças perderam votos em relação a 2005, CDU inclusivé.

Em Beja, contudo, a CDU aumentou a sua votação nos três órgãos em relação a 2005 e mantém o mesmo número de mandatos na Câmara e Assembleia Municipal e até passa de 72 para 74 mandatos nas Assembleias de Freguesia. E continua a ser a força maioritária na Assembleia Municipal e detém a presidência de 11 das 18 freguesias. Em Beja houve concentração massiva de votos do PSD para o PS na Câmara (perdeu mais de 2.000 votos e o vereador) e em menor número do PSD para o PS na Assembleia Municipal (dando a presidência deste órgão ao PS).


Isto é, em ambos os casos a CDU sofreu os efeitos da bipolarização induzida: em Lisboa a favor do PS (por "medo" do PSD) e em Beja a favor do PS (para desalojar a CDU). Em Lisboa, para o PS, o PSD foi o "papão" e em Beja, para o PS, o PSD foi o escadote para ganhar a presidência dos órgãos municipais.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?