.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-01-16

 

[1905] Manuel Alegre, de Portimão a Belém


"E o que venho aqui dizer-vos é que estou disponível para esse combate. Com todos vós e com todos os portugueses que estão connosco, com todos os que a seu tempo virão a estar, para mudar e para vencer, pela República e por Portugal."

Manuel Alegre iniciou hoje em Portimão a marcha para Belém. O trajecto não é fácil e para chegar ao palácio terá de cometer a façanha, inédita entre nós, de desalojar o inquilino ao fim doprimeiro mandato. Ao contrário de José Lello que diz que o anúncio da candidatura de Alegre é prematuro eu acho-o oportuno.
Com o frio de rachar que assola o país é uma boa ideia para ver se isto aquece.Talvez não seja decisivo mas vai contar com o meu voto.

O discurso está aqui.
Comments:
Infelizmente, Portugal vive num registo medíocre, sem alternativas. Assim, o povo tem de escolher "do mal o menos".
"O vento cala a desgraça. O vento nada me diz". Portanto, vou engrossar a lista da abstenção.
 
Talvez o Gama leve a dele por diante e outra esquerda e outros independentes e outro Portugal, enfim, por ali adira... porque esse espaço Alegre poucos empurram não?
 
A questão agora é: Aceita Manuel Alegre, para ter o apoio de Sócrates, ser o "manto diáfano" das pornográficas políticas de direita do actual Governo?

Se sim, se aceita, o que é que nos interessa a candidatura de Alegre?

Se não, se não aceita, que hipóteses tem de ser realmente apoiado em 2011 pela mesma direcção do PS cujo candidato em 2006, não declarado mas real, foi Cavaco Silva?
 
Oh camarada tens toda a razão. Mas estamos cercados, o povo estúpido vota no gajo, que havemos de fazer. Tenho esperança que o nosso Jerónimo avance no tempo próprio. Mas é claro não me parece que chegue a Belém por causa desta propaganda que intoxica o povo.
António Lourenço
Barreiro
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?