.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-01-16

 

[1907] Tiro no pé?

Fernando Lima, "Assessor Político de Cavaco Sila, ex-assessor de imprensa" (como assina) reabre hoje no Expresso o dossiê das  supostas escutas do Primeiro Ministro ao Presidente da República (a intervenção trapalhona da Presidência da República na barganha política eleitoral ao lado de Manuela Ferreira Leite e que conduziu Cavaco Silva ao mais baixo nível de popularidade registado por um PR da era democrática.)

A longa declaração de Fernando Lima tem a infelicidade de não esclarecer nada. Nada apresenta de substantivo e nada refuta. Apenas exorcisa as acusações e os factos que macularam a sua imagem e comprometeram a isenção do PR. Indigna-se e verbera uma "trama que raia o incrível", uma "teia bem urdida pelo fértil imaginário dos criadores de factos políticos". Etc

A iniciativa parece-me (ou estarei a ver mal?) um exemplo acabado da inépcia do autor e da Presidência da República e está à altura de todo o processo trapalhão da "inventona das escutas" de Agosto passado.
Agora que estava esquecida a desgraça que se abatera sobre Belém e as sondagens dão melhor nota ao PR para que vem o Assessor relembrar-nos a infeliz tramóia de Belém? É tendência para o tiro no pé.
É claro que o deputado do PS Ricardo Rodrigues aproveitou a boléia. Belém só se pode queixar de si.
Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?