.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-01-03

 

[1893] Padre defendeu os pobres e Alberto João castigou-o. Pois claro, faz todo o sentido.



O Cónego Jardim Moreira, Presidente da Federação Europeia Antipobreza denunciou, na RTP, indignado a perseguição feita pelo Governo Regional da Madeira ao seu colega, o Pároco da Sé Catedral do Funchal, cónego Manuel Martins, "castigado" para o Machico porque na missa enumerou casos de pobreza na Região Autónoma.
"Já não se pode fazer a defesa dos pobres e das crianças, já não é permitido pregar o Evangelho" diz o Cónego Jardim Moreira.
E denunciou o catolicíssimo Jardim de ter nomeado uma comissão para averiguar se o cónego Manuel Martins era "comunista", por ter defendido os pobres.
Realmente, olha o topete! Defender os pobres?

Comments:
E o problema, meu caro Narciso, é que a medida teve pouco ou nenhum impacto, especialmente a nível partidário. O que me parece muito mau, mesmo sendo certo que a patifaria veio da Madeira, fértil nestes desmandos. Mas isso não justifica o quase silêncio. Quando é que aquela malta da Madeira acorda, caramba?
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?