.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-02-21

 

Ainda a tragédia da Madeira

Ao ler a comunicação social de hoje fiquei completamente desolado e até chocado. Há desconhecimento. Porque não interpelaram pessoas e jornalistas que vivem na Madeira, antes de escrever?

A comunicação social tem uma grande responsabilidade na informação e mais ainda em situações dramáticas como as que ontem ocorreram na Madeira. O problema central é, neste momento, o do apoio às populações.

Preencher espaço de jornal com assuntos marginais e informação distorcida é o que menos interessa. Há que ser contido, conhecer a situação, falar com quem domina bem os acontecimentos e não ir em circunstâncias marginais. Daí que, como li em alguns jornais, a baixa do Funchal é o cerne da tragédia e os habitantes das zonas altas "nem querem imaginar o que vão encontrar quando descerem a encosta até à marina", pelas informações que tenho é a distorção mais obtusa do problema, exactamente porque as zonas muito afectadas foram as altas como Santo António e o Monte, embora o Funchal seja a mais mediática. Certamente muita gente das zonas altas jamais terá oportunidade de descerem a encosta. Infelizmente foram parar a outras marinas.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?