.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-02-24

 

A Polémica dos Mortos

Mal chego à tabacaria logo abaixo da rua onde vivo, diz-me o dono da mesma onde quase todos os dias compro o jornal: então como explica a polémica dos mortos na sua terra?

Lá por ser natural da Madeira, não sei explicar tudo, apeteceu-me dizer-lhe. Mas fui por outro caminho. Respondi que tinha ouvido ontem à noite a explicação da Secretária Regional do Turismo, Conceição Estudante ,e que me pareceu ter alguma lógica. Houve um erro inicial de dupla contagem e agora com mais calma a situação estava a ser melhor apurada.

Admito que seja mesmo isso.

Mas parece-me mais lógico que o processo de informação seja descentralizado, ou seja ,cada Câmara deveria ser encarregue de no terreno averiguar o que se passa. Todos os concelhos da Madeira têm meios mais que suficientes para fazer bem esse trabalho. Tem associações de bombeiros que andam no terreno, têm protecção civil e têm funcionários de Câmara. Desta forma, reúnem melhores condições do que o governo para certas tarefas, entre as quais esta.

Aliás parece-me ser isso o que está a fazer Miguel Albuquerque, Presidente da Câmara do Funchal e aqui não houve contagem duplicada.

Então não são as Câmaras que estão mais junto dos cidadãos? Qual a ânsia do Governo Regional centralizar tudo?

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?